Abasteça o seu carro com água do mar

Será que o mesmo homem descobriu a cura para o câncer e o Santo Graal da energia limpa e barata? Pode parecer extremamente improvável, mas até agora os resultados são promissores nas duas áreas.

Meses atrás o inventor John Kanzius estava tentando realizar uma proeza aparentemente inalcançável – construir uma máquina que cura o câncer com ondas de rádio – quando ele inadvertidamente conseguiu outra: fez água salina pegar fogo, criando uma chama de até 1.650ºC.

Reportagens de televisão apareceram em toda a internet (mais abaixo) jogando lenha na questão, fazendo com que malucos e Ph.D.s entrassem em ferrenho debate. Será que a água pode queimar? Em caso positivo, o que de bom isso representaria para nós?

Algumas pessoas falam que a invenção tem potencial para dessalinização da água e gerar energia barata e limpa. A maior parte da superfície do planeta e formada por água salgada e tirar energia dela poderia permitir mover todo o tipo de motores. Céticos dizem que o gerador de ondas de rádio de John suga muito mais energia do que cria transformando a descoberta em apenas um truque interessante.

John cria ainda mais falatório quando afirma que sua descoberta é interessante, mas o que ele busca mesmo é a cura para o câncer. Diagnosticado com leucemia em 2002, ele começou a construir o seu emissor de ondas de rádio no ano seguinte, depois de uma inspiração. A sua fascinação por radio o impulsionou ainda mais.

O fenômeno com a água salgada ocorreu quando um assistente seu estava bombardeando, com ondas de rádio, um tubo de ensaio cheio de água salgada e bateu no tubo, causando um pequeno flash. Curioso, Jonh acendeu um fósforo. “A água pegou fogo como propano”, ele recorda.

“As pessoas disseram que era charlatanismo. `Olhe os eletrodos escondidos na água´”, disse o cientista de materiais da Penn State University, Rustum Roy, que visitou Jonh em seu laboratório depois de ver seu feito no Google Video. Uma demonstração o fez constatar que a descoberta era real.

“Isso é ciência de descoberta em sua melhor forma”, ele disse. Rustum pensa que o cloreto de sódio na água deve enfraquecer as ligações entre átomos de oxigênio e hidrogênio, que são finalmente quebradas pelas ondas de rádio. São estas moléculas de gás que estão pegando fogo, ele explica, e não o líquido em si. Testes demonstraram que a reação desaparece uma vez que as ondas de rádio param. Rustum planeja conduzir mais experimentos para chegar à raiz do mistério.

Enquanto isso os pesquisadores do MD Anderson Cancer Center, em Houston e o Centro Médico da Universidade de Pittsburg fizeram progresso utilizando a tecnologia de John para combater o câncer em animais. Eles publicaram suas descobertas na revista científica Cancer.

Como funciona:

1. Um gerador emite ondas de rádio de 14 megahertz;

2. As ondas bombardeiam uma solução de água salgada (a água pode ser retirada do próprio mar);

3. Exatamente o que ocorre ainda é um mistério, mas uma teoria diz que o cloreto de sódio enfraquece as ligações entre os átomos de hidrogênio e oxigênio na água. As ondas de rádio quebrariam a ligação liberando gás hidrogênio inflamável;

4. Um fósforo acende o hidrogênio, gerando uma intensa chama de até 1.650ºC;

5. O calor resultante consegue propelir um motor simples.

Fonte: http://groups.tecnocientista.info

log_pir_47

.

 Gostou? Então Curta nossa página no Facebook.

eu_47 Seja amigo do autor do site no Facebook, e esteja sempre antenado em assuntos interesantes como este.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: