Carro a ar comprimido atrai 600 pessoas em São Paulo

Carro a ar comprimido atrai 600 pessoas em São Paulo e MDI fecha contrato de 25 milhões de dólares.

O empresário espanhol Martin Vuezas, que está construindo três fábricas licenciadas dos carros movidos a ar comprimido em Portugal, arrematou três das sete unidades a serem construídas no Brasil por 25 milhões de dólares

A indústria francesa Motor Develompent International, MDI, anunciou no dia 26 de outubro, que três das sete licenças de fabricação dos veículos movidos a ar comprimido, no Brasil, foram compradas pelo mesmo grupo empresarial que está construindo as fábricas de Portugal.

O anúncio foi feito durante a apresentação do projeto no Hotel
Sheraton Mofarrej, na cidade de São Paulo, na presença cerca de 600 pessoas entre empresários, engenheiros, futuros consumidores e jornalistas.

O Instituto de Tecnologia Mauá, que produz testes de automóveis com a Folha de S. Paulo, ofereceu publicamente os testes quando os veículos forem enviados ao país.

Durante o evento a diretoria da MDI apresentou programas de televisão feitos sobre o carro movido a ar em diversas emissoras, incluindo a ABC News, a CBS, diversos programas europeus e várias reportagens em revistas, incluindo a Time e a Wired e uma mensagem do inventor do motor a ar comprimido.

FÁBRICAS NO BRASIL: 3 JÁ FORAM VENDIDAS

São Paulo tinha três licenças industriais para instalação de
pequenas montadoras cobrindo todo o Estado, cada uma exigindo um investimento mínimo de 8 milhões de dólares. As três licenças foram compradas pela VMA Portugal (Veículos Movidos a Ar), pertencente ao empresário espanhol Martin Vuezas. A empresa está procurando novos sócios para Porto Alegre, Rio de Janeiro, Brasília e Recife.

Além das fábricas, a MDI busca fornecedores de materiais e serviços, postos de abastecimento (de tanques de ar, naturalmente), manutenção… que serão usados no Brasil. Considerando a base instalada de fábricas brasileiras voltadas a indústria automotiva isso não deverá ser problema.

MAIS DE 1.500 PESSOAS JÁ PEDIRAM O CARRO

O executivo espanhol Miguel Celades anunciou que, em menos de 30 dias, mais de 1500 pessoas se cadastraram no site brasileiro da empresa pedindo para serem informadas quando o carro estiver disponível, para que tenham opção preferencial de compra.
Como cada uma das indústrias terá uma capacidade de produção muito pequena (entre 2 e 6 mil veículos por ano) os consumidores que se cadastraram terão preferência.

O governo brasileiro não permitiu que o protótipo do carro fosse embarcado para o Brasil, pois teriam que considerar isso importação.

O problema é que a MDI do Brasil, ainda não – existe e, portanto, não poderia garantir que o carro estivesse sendo enviado para uma exibição – um problema que, certamente, não existe na Europa.

Entre os diretores da empresa estiveram presentes Paul Durand, representando a central francesa e Isabel Jones, representante da VMA Portugal, que irá lançar a MDI do Brasil S/A, com sede em São Paulo.

Para resolver a questão, a empresa está montando uma “missão de empresários e jornalistas” que irá para a cidade de Nice, na primeira ou segunda semana de novembro, conhecer a fábrica e os carros que estão em teste no continente europeu.

Fonte: http://www.america-magica.com.br

log_pir_47

.

 Gostou? Então Curta nossa página no Facebook.

eu_47 Seja amigo do autor do site no Facebook, e esteja sempre antenado em assuntos interessantes como este.

Anúncios

5 Respostas

  1. Só por curiosidade… o fato de não haver o endereço do site ou qualquer outro tipo de contato para que todos possam ao menos tentar se cadastrar para tentar obter o carro… foi uma mera negligência de quem escreveu a matéria… ou seria apenas a eterna mania brasileira de não querer compartilhar as coisas boas com seus compatriotas. A eterna mania de elitizar tudo que é bom e deixar o resto.. as sobras para quem realmente batalha por um pais melhor!
    Digasse de passagem que elitizar um carro a ar seria um golpe de grande burrice (fora a falta de respeito obvio), pois ricos não compram carros econômicos.. ricos compram ferraris ou porches!

    Peço encarecidademente que qualquer pessoa que possua qualquer informação de como podemos nos cadastrar para comprar tal veiculo, que compartilhe essa informação.
    Brasileiros tentem de vez em quando pensar no próximo… e nesse caso… pensar em nosso planeta.

    Resposta:
    Em 2008 houve um evento em São Paulo, com a intenção de montar um consórcio de empresas, cujo objetivo era viabilizar a comercialização do veículo no Brasil. Aparentemente as empresas e governos brasileiros não ficaram muito interessados no produto. Desde então tenho procurado mais informações mas não encontrei mais notícias sobre o mesmo. Sei que o produto já está sendo comercializado na Índia.

    Já que você faz tanta questão de COMPRATILHAR, então solicito, encarecidamente, que pesquise o máximo que puder, e, ao encontrar qualquer informação sobre o veículo, ou qualquer possibilidade de comprá-lo no Brasil, entre em contato comigo para que possa disponibilizar a informação aqui no blog, para todos os interessados. Eu já utilizei todos os recursos que estavam a minha disposição, simplesmente sem resultados.

    Mostre que você não é apenas mais um “brasileiro egoísta”, e compartilhe suas informações. Eu tenho feito isso desde Abril de 2008, pesquisando, catalogando e disponibilizando tudo que encontro que seja relevante aqui neste Blog. Tenho feito isso de forma totalmente gratuíta, e praticamente sozinho, pois o número de pessoas interessadas em pesquisar e COMPARTILHAR é bastante pequeno. Se você estiver disposto a usar do seu tempo, inteligência e vontade para participar deste trabalho, o convite está lançado. Pessoas para ajudar são sempre bem-vindas.

    Abraço
    Zhannko Idhao Tsw
    zhannko@yahoo.com.br

  2. O site da empresa é: http://www.mdi.lu/english/entreprises.php

    e lá dá para se cadastrar.

  3. Trabalho no ramo de mecanica a 21 anos esempre estudei os principios de fucionamento dos motores de combustiveis e gases criei a wesleymotors desde2002 com a finalidade de desenvolver primeiramente um motor hibrido eletrico e gasolina percorri varios caminhos mas sempre fui barrado na burocracia pois minha ideia sempre foi voltada para a area automotiva,no Brasil não existe incentivo ja esta tudo concentrado nas grandes montadoras que bloqueiam e detem todo direito sobre os produtos voltados para esta area,a 4 anos me despertou a curiosidade sobre geração de energia,e nasceu a ideia do motor a a ar comprimido,ja porque o mesmo não e nem uma novidade pois ja existe a algum tempo em algums paises como frança e a india”tata motors”e a motormid”que ja tem seus automoveis circulando a ar com toda a eficiencia comprovada,coloquei como desafio e meta dominar esta tecnologia,estudando o ar gases temperatura e pressaõ,cheguei ao resultado satisfatorio e surpriendente,tendo como base o principio do ponto de partida inicial um simples exemplo

    .Voce ja ouviu o famoso estouro que se da no escapamento do automovel quando a um furo no mesmo e reduzimos uma marcha?pois e mais ou menos isto que acontece e o choque das duas temperaturas quente e fria,quente que sai do escape e a fria que entra pelo furo ou rachadura do escape causando a explosão com ruido,neste motor induzimos a acontecer este fenomeno dentro do motor usando meios eletronicos e mecanicos,neste motor o combustivel dele e exclusivamente o ar comprimido, que captado naturalmente sofre um pre aquecimento,atraves de um dispositivo eletrico eletronico entrando no motor atraves de valvulas pelo sistema de vacuo gerado dentro do proprio cilindro,e o mesmo comprime este ar dentro da camara de combustão chegando a temperatura de 420 graus + atingindo esta temperatura atraves de algumas modificações nos pistões e camara de combustão que provocam atrito e agito das moleculas de ar,neste momento e injetado o ar frio,ai acontece um processo termodinamico,as moleculas de ar quente estão comprimidas superaquecidas e recebem o ar frio com suas moleculas agrupadas em volume de tamanho menor mas com a mesma proporção de moleculas,causando um choque entre as duas temperaturas ou duas energias,o ar entra no processo de expanção, causando o deslocamento dos pistões e consequentemente colocando o motor em movimento e expelindo oxinenio puro e menos 16 graus pelo escapamento sendo que a temperatura do seu bloco não ultrapasa os 43 graus dispensando o sistema de arrefecimento,este motor tem suas vantagens.

    Ecologicamente:1 não polui/2 absorve os gases da natureza e transforma em oxigenio puro,o que o torna a exelencia em energia limpa e renovavel,ainda dado direito aos creditos de carbono/3 o ar expelido pelo escapamento sai a menos 16 graus negativos sendo um fator culminante para o desafio mundias que e o aquecimento global o motor em trabalho naõ ultrapasa os 43 graus + não nesecita do sistema de arrefecimento/5 o oleo lubrificante não degarada e não contamina dando uma vida util muito longa se comparada com os combustiveis fosseis.

    Como fonte de lucros:seu custo e muito baixo ate menos que as eolicas que poluem o visual natural sem falar das termoseletricas e hidroeletricas e solares que estão condicinadas as condições climaticas e causande grandes desastre naturais alem de seus custos faraonicos e catastroficos o motor manten-se com apenas o ar consegui um aproveitamento de 60%do ar gasto e acredito que com algumas melhoras podemos chegar ate 85% o restante pode ser utilizado a energia solar ou alguma fonte de energia ja que para dar a partida e nescessario a ajuda de um comprensor que utilisa um motor eletrico ou um cilindro de gnv ou de mergulhador onde e armasenado o ar comprimido que depois de um tempo te trabalho prescisa ser reabastecido,com um custo muito barato.

    A longo prazo:investidores que quiserem construir usinas de geração de energia.

    A curto medio prazo:investidores que querem produzir unidades geradoras,de pequeno porte,como solução para empresa,faculdades,hospitais,schoping,onde a climatização e o maior consumista de energia e tambem usinas de fundição com fornos eletricos.

    Soluções:como em lugares onde não tem bacias hidrograficas,ex,nordeste,parte da africa,paises arabes,etc…

    O banco mundial fala a revista”ipesi eletronica e informatica”de março de 2008,que com o acentuado aumento dos preços da energia e das resultantesemissões de gases poluentes do efeito estufa,assim como do crescimento do consumo de energia na China,India e Brasil mais do que duplicarão o seu consumo de energia e as emissões de gases que geram o efeito estufa em apenas uma geração, em 2030.

    Sugere que aperfeiçoamentos em termos de custo poderiam reduzir o atual consumo de energia desses países em pleo menos 25% e que o emprego de tecnologias avançadas diminuiria em pelo menos 10% o crescimento dessa demanda em 2030, provocando um declínio de 16% nas estimativas de elevações das emissões de CO².

    “Nesse estudo, examinamos detidamente a eficiência energética para descobrir porque é tão difícil oferecer os incentivos adequados para ampliar os investimentos nessa área”, afirma Bob Taylor – um dos autores e economistas de energia do Banco Mundial. “Encontramos um enorme potencial ainda não explorado – especialmente no Brasil, China e Índia – mas também muito boas soluções que poderão produzir resultados desde que contem com financiamento e investimento, além de um forte compromisso dos formuladores de políticas”.

    Infelizmente,com esta ideia e que os governos e orgãos como ibama e outros resolveram liberar a com muitas facilidades a construção de usinas hdreletricas,so na minha região”alto vale”ja são 22 pchs causando uma catastrofe e desequilibrio ecologico sem contas,sendo que existem alternativas e soluções pratica baratas e autosustentaveis,o que falta e nos acreditarmos e colocar em pratica.hoje nossa dificuldade e encontrar recursos que viabilisão e dão credito a alternativas de geração de energia limpa e renovavel e autosustentaveis,não vou desistir ate provar para o planeta que temos soluções viaveis e verdadeiramente ecologica.postei 2 videos no youtube “motor a ar comprimido”wesleycar10.solução temos isto e um bom sinal talvez não vamos salvar o planeta mas nossa parte faremos,espero ter contribuido em algo . abraçs josoe bonetti.

    Resposta:
    Boa tarde Josoe

    Muito interessante seus experimentos. Acho uma pena que o inventor de ES tenha vendido os direitos sobre seu motor para BMG/Fiat. Duvido muito que a empresa tenha intenção de colocar veículos com motor a ar no mercado. O que é mais provável que aconteça é que o projeto seja engavetado, evitando que outros possam se aproveitar desta tecnologia.

    Aqui no Paraná conta-se uma história de que ha alguns anos foi desenvolvido um projeto, no CEFET-PR, atual UTFPR, de um carro movido a água. Conta a boca pequena que o projeto foi financiado pela própria Petrobrás e que, depois de concluído foi devidamente registrado e arquivado. Assim, se alguém por acaso conseguir descobrir o princípio de funcionamento do dito motor, não poderá comercializa-lo, por falta de direito de uso das patentes. E a soberania das montadoras está devidamente resguardada.

    Fico imaginando quantas outras iniciativas com estas já foram compradas e engavetadas, para que as grandes empresas pudessem manter seu monopólio. Obviamente, todos nós perdemos com isso.

    Abraço
    Z

    • Quando este projeto for aprovado os miseraveis que controlam a economia irao criar um comercio de ar comprimido para reabastecimento atraves de troca de cilindros com precos semelhantes ao da gasolina, mas pelo menos teremos uma queda na emissao de poluentes.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: