Luz – Medicina do futuro

Livro de Jacob Liberman
Editora Siciliano – 1994 – 228pg.

Este livro apresenta um novo paradigma terapêutico que pode mudar completamente nossas vidas. Ele anuncia uma nova era na medicina caracterizada pela união entre as ciências “intuitiva” e “racional”, tendo a luz como elo, e baseando-se em nossa “re-união” com esa fonte de vida, saúde, energia, inspiração e esclarecimento. Desafia, também, o conceito de que o sol, em alguns aspectos, é prejudicial e sustenta que os avanços tecnológicos como iluminação fluorescente, óculos escuros, loções bronzeadoras e vidas reservadas a lugares fechados podem ser prejudiciais.

Cientistas e físicos altamente conceituados têm pesquisado sobre os benefícios que a luz pode proporcionar, aplicando-a no tratamento de vários tipos de câncer, depressões, estresse, problemas visuais,disfunções sexuais etc. Além disso, a luz está sendo usada para desenvolver habilidades, reduzir problemas de aprendizado e fortalecer o sistema imunológico.

O corpo humano não pode mais ser tratado como um equipamento constituído de partes restituíveis; ele deve ser reconhecido como uma fotocélula viva, estimulado e regulado pela luz absorvida pelos olhos – as janelas da alma. Com o poder de atingir a mente, o corpo e o espírito simultaneamente, ela desempenha o papel de transformar antigos traumas emocionais em uma nova experiência de cura e liberdade.

As inovadoras e fascinantes descobertas do Dr. Liberman nos levarão à compreensão de que a luz é, de fato, a medicina do futuro que impulsionará a humanidade para uma vida de esclarecimemto.

log_pir_47

.

Gostou? Então Curta nossa página no Facebook.

eu_47 Seja amigo do autor do site no Facebook, e esteja sempre antenado em assuntos interessantes como este.

Uma resposta

  1. Há mais de vinte anos que estudo o poder terapêutico da luz, mas não somente aplicada aos olhos, como também, à nasofaringe – garganta.
    A luz tem excelentes propriedades no combate a váras afecçoes respiratórias, além de limpar a garganta prevenindo contra várias infecções, não só da garganta, como também, gripes e resfriados que, normalmente, se iniciam na garganta.
    Além disso, devido provavelmente aos biofótons encontrados nas células, a luz tem a propriedade de atingir áreas adjacentes ao local da aplicação, (todo o trato mucoso) numa ação sinérgica e, com isso, atuando também eficazmente em rinites alérgicas, prinicipalmente as de fundo climático (inverno), como também, nas sinusites, otites, bronquites e na asma. Já consegui reverter um quadro de sinusite numa pessoa que ia ser operada.
    Para ler mais, entre no site http:/engolindoosol.tripod.com ou, entre pelo Google em “Engolindo o sol” e veja também um resumo na Usina de Letras. Quaisquer dúvidas, meu e-mail é alex_visconti@uol.com.br.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s