O verde das cidades visto do espaço

Paulo André Vieira

As florestas e parques urbanos desempenham um papel importante na ecologia dos habitats humanos, filtrando o ar, fornecendo abrigo para os animais e uma área de lazer para as pessoas. Em muitos países há uma crescente compreensão da importância da preservação dessas áreas verdes, com inúmeros projetos em andamento que visam a restauração e preservação dos ecossistemas.

As principais diferenças entre uma floresta urbana e uma não-urbana está na influência que a primeira sofre da cidade e de seus habitantes. Nas florestas urbanas, fatores impactantes como lixo, trilhas, retirada de plantas ornamentais, poluição sonora e atmosférica são mais comuns. Elas também sofrem muito mais com a especulação imobiliária.

Nas imagens de satélite abaixo, retiradas do Google Earth, você pode apreciar alguns parques e florestas urbanas ao redor do mundo.

Com 32 Km2, a Floresta da Tijuca, no Rio de Janeiro, é uma das maiores florestas urbanas do mundo. É uma importante área de lazer com trilhas e espaços privilegiados para prática de esportes, ciclismo, corrida e montanhismo.

Criado oficialmente em 1991, o Parque Estadual Fontes do Ipiranga, também conhecido como Parque do Estado, é um bolsão de verde no meio da cidade de São Paulo. Com mais de 5 Km2, é uma área na qual ainda se encontra vegetação remanescente de Mata Atlântica, e abriga o Jardim Botânico e o Parque Zoológico de São Paulo. A região possui importância histórica considerável, pois que abriga as nascentes do riacho Ipiranga, às margens do qual a Independência do Brasil foi declarada.

Localizado no coração de Nova York, é provavelmente o mais famoso parque urbano do mundo. Com pouco mais de 3,4 Km2, recebe anualmente 35 milhões de visitantes, sendo o mais visitado dos EUA. Embora pareça natural, foi na verdade quase que inteiramente fruto de um projeto de jardinagem feito no século 19. Até mesmo rios e lagos foram criados artificialmente.

Com mais de 13 Km2, o Forest Park, localizado em Portland, é uma das maiores reservas florestais urbanas dos EUA. Mais de 112 espécies de aves e 62 espécies de mamíferos vivem dentro de seus limites, mas a poluição e o desenvolvimento urbano reduziram ou eliminaram totalmente a população de lobos, ursos e gatos selvagens.

Uma das características mais marcantes da cidade de Toronto, no Canadá, é a rede de profundas ravinas que cortam toda a cidade, formando uma grande floresta urbana. Apesar da grande densidade populacional da cidade, muitas das ravinas permanecem muito próximas do seu estado natural.

A Floresta-parque de Košutnjak é uma das mais populares áreas de recreação de Belgrado, capital da Sérvia, com mais de 3 Km2. Seu nome vem dos cervos que viviam na região do parque antes da Primeira Guerra Mundial. A densa floresta era uma reserva de caça da família real até 1903, quando foi então aberta para o público.

Localizado em São Francisco, nos EUA, o Golden Gate Park tem 4 Km2, sendo 20% maior que o Central Park em Nova York. É o terceiro parque urbano mais visitado dos EUA, com 13 milhões de visitantes por ano.

Fonte: Publicado no jornal on-line OECO.

log_pir_47

.

 Gostou? Então Curta nossa página no Facebook.

eu_47 Seja amigo do autor do site no Facebook, e esteja sempre antenado em assuntos interesantes como este.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: