O que é melhor: Andar, correr ou pedalar?

Melhor exercício aeróbico

Ninguém nega os benefícios de se exercitar, se não para obter uma melhor forma física, ao menos para compensar um pouco os efeitos da vida sedentária.

Mas a primeira dúvida para o recém-decidido a mexer-se é: qual é o melhor exercício aeróbico?

A lista sempre começa com aqueles que são mais práticos: caminhar, andar de bicicleta e correr.

O fato é que cada um tem suas próprias vantagens e desvantagens.

A Dra. Pamela Hinton, da Universidade do Missouri, fez um comparativo, listando prós e contras, que podem ajudá-lo a se decidir.

Caminhada

Andar a pé é o mais fácil para o corpo, diz ela – entenda, você vai se cansar menos e exigir menos do seu organismo.

Contudo, dependendo da distância que você percorrer, a caminhada geralmente oferece menos benefícios metabólicos do que andar de bicicleta ou correr.

Isso não quer dizer que caminhar não seja benéfico. Estudos mostram que caminhar cerca de 30 minutos por dia reduz o risco de várias doenças crônicas.

Para as pessoas que não tenham se exercitado por muito tempo, caminhar é um excelente “exercício de entrada” para melhorar a circulação sanguínea e colocar os músculos em movimento.

A partir daí, a caminhada rápida é um próximo passo natural em busca de melhores resultados.

Veja pesquisas científicas recentes realizadas sobre os benefícios da caminhada:

Ciclismo

Andar de bicicleta, outro exercício aeróbico muito popular, que também não força muito o corpo, faz bem à saúde, mas requer alguns cuidados.

As bicicletas estacionárias são uma ótima opção para pessoas que não querem enfrentar chuva, vento e buzinadas de carros atrapalhando seu treino.

A desvantagem de andar de bicicleta é que só o quadril e os músculos das pernas são normalmente utilizados – ou seja, ciclismo não é um exercício de corpo inteiro.

Segundo a Dra. Pamela, seus estudos mostram que a densidade óssea é menor entre os ciclistas regulares do que entre os corredores regulares.

Os ciclistas apresentam mais sinais de osteopenia do que os corredores, uma condição em que os ossos apresentam densidade mais baixa, o que pode levar à osteoporose. Ossos enfraquecidos também significam maior suscetibilidade a fraturas.

Entretanto, combinando exercícios de fortalecimento, como aeróbica rápida ou levantamento de peso, os ciclistas podem trabalhar mais músculos e diminuir a chance de desenvolver a osteopenia, diz a pesquisadora.

Corrida

Correr é o mais difícil para o corpo, especialmente para os joelhos.

Mas oferece os melhores benefícios dentre os três.

Progredindo da caminhada rápida para a corrida é algo que muitos médicos recomendam.

Tal como acontece com andar, correr pode ser uma atividade “interna”, feita em uma esteira, para aqueles que não gostam de sair ou não têm locais adequados perto de casa – mas lembre-se que atividades físicas ao ar livre melhoram saúde mental em 5 minutos.

Os especialistas recomendam que, para não forçar muito o corpo, deve-se variar a velocidade da corrida, assim como andar um trecho, correr outro, e assim por diante.

Mas o mais importante é escolher o tipo de exercício com o qual você se dá melhor, ou gostar mais, depois de ter tentado os três.

Afinal, exercitar-se é algo que você deve se preparar para fazer por toda a sua vida.

Fonte: http://www.diariodasaude.com.br

log_pir_47

.

Gostou? Então Curta nossa página no Facebook.

eu_47 Seja amigo do autor do site no Facebook, e esteja sempre antenado em assuntos interessantes como este.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: