Casa giratória feita para dono tomar chimarrão na sombra é atração em SC

Casa giratória feita para dono tomar chimarrão na sombra é atração em SC

Ex-mulher de agricultor que criou projeto hoje mora sozinha no imóvel. 2º andar pode ser movido ‘até por uma criança’, brinca idosa em Ituporanga.

Com pouco mais de 20 mil habitantes, a cidade de Ituporanga, no Vale do Itajaí, guarda preciosidades que vão além das cachoeiras, dos rios e do turismo rural e religioso. Uma das atrações que mais chamam atenção é a “casa giratória”.

Ela foi construída em 1998 pelo agricultor e descendente de alemães Jens Cellarius (lê-se “Ians” em português) por um motivo no mínimo curioso: poder sempre tomar chimarrão à sombra, independentemente da hora do dia.

A ideia veio de uma reportagem de TV e demorou aproximadamente cinco meses para sair do papel e ficar pronta. A base da casa é comum, feita de alvenaria. Já o segundo andar, que é móvel e feito de madeira, pode muder de posição através de um sistema de roldanas que correm em cima de um trilho.

Uma simples manivela

O “andar móvel” tem três quartos, sala e banheiro, e é movimentado por uma simples manivela de madeira – tudo criado por Jens, que é autodidata.

Almira Berger, de 67 anos, ex-mulher de Jens, conta que a construção foi inspirada em um projeto na Alemanha. “Ele frequentou a escola por dois anos. Não teve estudo, mas sempre teve facilidade de aprender tudo o que queria. Sempre foi dedicado”, diz Almira.

“Até uma criança de 3 anos pode girar a casa”, brinca Dona Almira, que garante que nos dias de hoje, quem move a casa é a alegria de seus dez netos. “Eu ia colocá-la à venda porque é grande demais pra mim, mas meus filhos não deixaram”, conta.

Não demorou muito para a casa virar atração turística na cidade. “Uma vez um caminhão carregado de pessoas do Paraná chegou aqui só para ver a casa pessoalmente” conta Dona Almira, rindo da situação.

Segunda casa giratória

Depois que o casal se separou, há seis anos, Jens decidiu se mudar para bem perto, mais precisamente no mesmo terreno onde vive a ex-mulher, e construiu uma segunda casa giratória, mas com um projeto mais ousado, que funciona com um motor – atualmente em manutenção, e nem tão popular assim como o primeiro projeto.

Visitas

A casa giratória fica localizada no km 3 da SC-427. As visitas acontecem em horário comercial durante a semana e também aos finais de semana. É cobrado um valor simbólico de R$ 3, para garantir a manutenção e a limpeza da residência.

“Já recebemos visitas de todas as partes do mundo, como do Líbano e da Alemanha, por exemplo”, garante Dona Almira, que diz precisar reler o livro de visitas para ter noção de quantos curiosos e turistas já passaram por lá.

http://g1.globo.com

Piramidal no Facebook
.
●●● Gostou? Então Curta nossa página no Facebook.
.
Autor
●●●
 Seja amigo do autor do site no Facebook e esteja sempre antenado em assuntos interessantes.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: